Testemunhos

Claudia Nogueira

 Graças a Deus e a orações de todos que estiveram unidos a nós estou bem e curada.
Passamos um grande susto, embora a cirurgia que fiz da vesícula no dia 23 de setembro tenha corrido tudo bem.
Dois dias depois da retirada da vesícula, das 59 pedras e já em casa eu vinha sentindo uma falta de ar incomum. Cinco  dias após a cirurgia, depois de dois raio x e alguns exames de sangue passei por um outro mais específico chamado Dimero D que diagnosticou em mim uma embolia pulmonar. Foi tudo muito rápido, a descoberta, os exames, o desespero e a ação de Deus. Quinta passada ainda no consultório médico Iniciei o tratamento via oral
para coagulação do sangue, fui para o 24h da Unimed fazer o exame e após fazê-lo, enquanto aguardava o resultado piorei e ali mesmo recebi os primeiros socorros.
Vivi os piores momentos da minha vida, senti um medo profundo, uma dor profunda, foi horrível, não conseguia respirar, achei que iria morrer… precisei ser encaminhada à Santa Casa de ambulância para na mesma madrugada fazer novos exames de sangue e esperar amanhecer para fazer a tomografia que mapearia a embolia e dar sequência no tratamento que a princípio seria três dias de internação.
Em meio ao desespero com o susto da notícia recorremos aos padres, aos amigos e a nossa comunidade para que se unisse a nós em oração  e que providencialmente estava no Cerco da Misericórdia.
Ao rezar por mim por telefone o Pe Eduardo pediu que eu assim rezasse:
– Jesus me deu a vida, Jesus quero viver.
Eu repetia isso incansavelmente e proclamava: Jesus é o Senhor da minha vida, Jesus  eu confio em Vós!
A certeza que eu tinha é que eu não estava sozinha, aos poucos o medo se transformou em confiança, o pânico deu lugar a paz…
Ao contrário do que eu vinha sentindo por graça de Deus passei uma noite tranquila onde aos poucos sentia minha respiração voltar ao normal.
Fiz exames de sangue a noite toda amparada pelas orações de todos, enquanto eu estava internada um um grupo de pessoas intercedia por mim em suas casas, aqui na Igreja, durante a madrugada e às 3h da manhã pelos meus exames e pela tomografia que eu iria fazer.
Durante esse período fui prontamente atendida por quatro médicos, e por enfermeiros, fiz  todos os exames necessários incluindo a tomografia.
No dia seguinte, às 11h, recebi do meu médico a notícia que eu estava de alta e que não seria necessário nenhum outro medicamento, pois já não havia mais embolia constatada em nenhum dos meus exames.
Para honra e glória de Deus, mais uma promessa se cumpriu em nossas vidas: Jesus me deu a vida, vivi!!!
Essa foi a minha oração…
Esse é mais um dos testemunhos da ação de Deus em nossas vidas.
Finalizo imensamente feliz, agradecida a Deus e a todos que por mim rezaram, que não mediram esforços e que conosco acreditaram em mais essa vitória.
Concluo com a certeza de que quem tem uma comunidade jamais sofre sozinho e que quando está unido a ela em oração, tem a graça de com ela contemplar os milagres de Deus.
Back to Top