Pregações

“Quem não busca a Cruz de Cristo não encontra Sua glória”

  • 20160302
  • Pe Robson Caramano

Isaias 53,1-5

“Foi desprezado e rejeitado pelos homens, um homem de tristeza e familiarizado com o sofrimento. Como alguém de quem os homens escondem o rosto, foi desprezado, e nós não o tínhamos em estima” (Isaías 53, 3).

 
A dor é uma via de aprendizado e de santificação.
Deus nos ama e seu amor por nós é eterno.
Quando crescemos nos desfazê-los da criança que somos, quando saímos da casa dos nossos pais deixamos de lado o nosso lado de filhos.
Hoje Deus quer resgatar em nós a criança que fomos, pois quando a deixamos vamos nos sujando pelos caminhos da vida. Os puxões que ela nos dá vai nos ferindo e nos machucando a medida que somos encontrados.
Uma costureira consegue restaurar um ursinho velho, rasgado. Deus tem o poder de nos restaurar completamente; ao olhos de Deus temos jeito.
Isaias 53, 5 Caiu sobre Ele o castigo que nos deixaria em paz e por suas feridas é que nos veio a cura” (Isaías 53, 5) pelas chagas de Cristo é que vem a nossa cura. Hoje ele quer cicatrizar as nossas feridas, as do nosso passado ele quer curar.
Para a cura acontecer é necessário três passos:
1- Reconhecer-se em Jesus;
2- Sentir-se amado por Ele;
3- Não se deixar aprisionar.

O sentimento de fracasso faz de nós pessoas com corações desfigurados.
Devemos olhar a nossas dores a partir das dores de Jesus, nos tornar íntimos da Palavra.
Jesus chorou a morte de Lázaro, porque não podemos chorar? Quando éramos crianças chorávamos a cada machucado, hoje sufocamos a criança dentro de nós. Não choramos, guardamos nossas mágoas, endurecemos os nossos corações e nos afundamos em nossas mágoas, as transformamos em doenças, angústias, depressões.
Por mais que nos sentimos sozinhos, deixemos o Senhor cuidar de nós, das nossas dores.

“Vocês  chorarão e se lamentarão, mas o mundo se alegrará. Vocês se entristecerão, mas a tristeza de vocês se transformará em alegria” (Jo 16, 20-24)

Peçamos e receberemos de Deus. Peçamos a Deus a graça de nos ajudar a carregar as nossas cruzes, que permita acontecer em nossa vida o que for do seu agrado, que acima de tudo tenhamos a graça de perdoar , amar e de reconhecer que a nossa dor está nas chagas do Senhor.
Nossos sonhos, sonhos e projetos não contemplamos a frustração, porém quando ela tomarem conta da nossa vida a melhor coisa a fazer é mergulha-lá no amor de Deus, o ÚNICO que tem um amor incondicional por nós.
Ele nos amou com amor eterno, irá nos reconstruir, nos colocar de pé. Deixemo-nos amar por Deus, mergulhemos Nele as nossas saudades, angústias, frustrações, tristezas. Confiemos Nele as nossas alegrias, sonhos, projetos…a nossa vida…ELE CUIDARÁ DE NÓS, Seu amor por nós é eterno.
Para amá-lo precisamos estar livres, pois foi para viver na liberdade que Ele nos libertou e quer que nós nos convertemos e nos voltemos inteiramente para Ele.
Deixemos Deus nos curar, nos libertemos das nossas amarras.
Sejamos inteiramente Dele, para que Ele liberte e nos cure por completo.
Declaremos hoje a nossa liberdade e a certeza de que fomos libertados hoje por Jesus.

Transcrição e Adaptação: Claudia Nogueira

Back to Top